Buraco quente

O buraco quente é um sanduíche tipicamente brasileiro. Vale por uma refeição! Originalmente é composto, basicamente, por pão francês, carne moída, molho de tomate e queijo, mas pode ser adaptado a todos os gostos: Frango com catupiry, vegetariano, de calabresa, charque desfiada, etc.

Resolvi modificar um pouco a receita em virtude do pão que fiz essa semana. Ele ficou maravilhoso. Sequinho e com a casca crocante. Como não era um pão muito grande fiz o buraco quente diferente.

Caso não tenha um pão italiano bola pequeno, faça no francês mesmo. Se fizer no italiano você precisa, primeiramente fazer um corte em forma de tampa (não muito grande). Depois, cuidadosamente retirar um pouco do miolo e apertar o restante contra a casca. Se for no francês, basta empurrar o miolo contra a casca.

.Buraco quente no pão italiano

Vamos aos ingredientes do molho:

½ quilo de carne moída, de preferência com pouca gordura;

02 tomates cortados em cubo, ou 01 lata de tomate pelado (escorrida);

04 dentes de alho amassados;

01 cebola cortada em cubinhos;

01 caldo de carne  dissolvido em 01 xicara de água morna;

Sal,

Pimenta do reino ou pimenta calabresa,

Azeite,

Manjericão ou cheiro verde,

Em uma panela refogue o alho no azeite. Acrescente a cebola e refogue por dois minutos. Acrescente a carne e a pimenta. Mexa no fogo até que tenha reduzido bem a água. Junte o tomate e o caldo de carne. Acerte o sal. Deixe no fogo até que o tomate tenha quase desmanchado. Acrescente o manjericão. Deixe no fogo baixo por mais um minuto e estará pronto. Caso fique muito seco, acrescente um pouco mais de água e leve ao fogo novamente.

A montagem é simples: Enrole fatias de queijo prato e as acomode no pão italiano,  ou francês. Recheie com o molho de carne moída e, voilá, temos o autêntico e delicioso, buraco quente.

Sirva imediatamente.

Essa receita rende aproximadamente 06 buracos quentes no pão francês ou, dois no italiano. O que me faz gostar dela no italiano é a delícia de quebrar delicadamente as lascas de pão e mergulhar no recheio. Para uma noite de frio não tem melhor pedida.

Bon appetit!

Pão Italiano Diferente

 

Adoro modificar receitas. Viajo completamente quando estou na minha cozinha. Gosto de experimentar, improvisar, modificar…tudo seguindo meus instintos. Sem aquele compromisso de “Dar Certo”. É gostoso! Como diria Claude Troisgros, é a “Cozinhaterapia”.

Essa semana modifiquei uma velha receita de pão. Foi sutil, mas agradável, o resultado. Um único ingrediente pode às vezes nos surpreender de uma forma maravilhosa.

 

Imagem

Sem mais delongas, vamos aos ingredientes:

½ quilo de farinha de trigo;

01 xícara de fubá de milho;

01 ovo;

500 ml de leite morno (não pode ser quente);

03 colheres (sopa) de açúcar;

01 colher (sopa) de sal;

01 colher (sopa) rasa de fermento biológico instantâneo;

½ xícara de óleo ou azeite.

 

Despeje a farinha de trigo e o fubá numa superfície lisa ou tigela grande. Misture o sal e açúcar. Faça um buraco no meio como se fosse um pequeno vulcão. Dentro do vulcão adicione o óleo e o ovo. Vá misturando todos os ingredientes de fora pra dentro. Acrescente o fermento. Misture e, aos poucos, vá acrescentando o leite até que a massa adquira um ponto em que nem grude nas mãos, nem fique como uma rocha. Ela deve ser macia. Gostosa de pegar. Sove a massa por aproximadamente 15 min. Deixe descansar por 30 min numa tigela coberta por um pano de prato úmido. Passada a meia hora, sove mais um pouco a massa e divida em duas partes iguais. Faça duas bolas e já deixe-as nas formas. Faça um corte parecido com o “jogo da velha” (#) e espere até que a massa tenha dobrado seu volume (aproximadamente 1h). Leve ao forno pré-aquecido, na temperatura baixa por mais ou menos 40 minutos.

Agora, é só saborear!

 

PS: O Pão da foto já havia sido cortado para ser, em seguida, recheado. Como tem uma casca um pouco mais dura, você pode servir sopas, caldos ou cremes dentro.