Lasanha de Bacalhau

Lasanha de Bacalhau – Foto:Letícia Carvalho
Eu sei que vocês podem estar pensando: Poxa! Bacalhau novamente? – Sim! Ele mesmo. Mas, para tudo há uma explicação: Não havia mais nada para cozinhar, exceto um pacote de lascas de bacalhau na geladeira.
Além disso, é um prato fácil, prático e que faz muito sucesso. As colaboradoras Letícia Carvalho e Mônica Déda aprovaram.
Essa receita é prática e simples porque não necessita de muitos ingredientes: Bacalhau, manteiga, leite, queijo, creme de leite, cebola, massa de macarrão, pimenta e sal. Você pode utilizar aquele pacotinho de lascas que sobrou da Páscoa. A lasanha que pode ser pré-cozida (usada diretamente na montagem, sem necessidade de cozimento prévio) ou a tradicional, mesmo.
Confira aqui essa Gostosura!

 
Receita
Lasanha de Bacalhau 
½ de um pacote de macarrão de lasanha
½ kg de bacalhau em lascas demolhado
02 cebolas grandes e uma pequena
01 ou 02 colheres de sopa de farinha de trigo
500 ml de leite
01 caixinha de creme de leite
400g de queijo tipo prato ou “muçarela” (ou mozarela, mussarela)*
01 colher de sopa de manteiga
Azeite
Sal a gosto
Modo de Fazer
1.       Cozinhe o macarrão em água, sal e um fio de azeite. Reserve.
2.       Em uma panela refogue uma cebola grande cortada em cubinhos no azeite, acrescente uma colher de farinha de trigo dissolvida no leite, salpique uma pitada de pimenta do reino e cozinhe em fogo baixo até formar um mingau não muito consistente. Reserve.
3.       Em uma frigideira refogue a outra cebola grande, também cortada em cubinhos e acrescente, em seguida, o bacalhau. Reserve.
Montagem da Lasanha
Em um refratário despeje um pouco do molho, em seguida uma camada de macarrão. Depois o bacalhau, mais uma camada de molho e uma de queijo prato* (fatiado ou ralado). Repita essas camadas até chegar à borda do refratário. Por último a camada de queijo prato.
Leve ao forno por aproximadamente 30 min.
Para completar a delícia você poder preparar um molhinho delicioso.
1. Em uma panelinha refogue o azeite e a cebola pequena ralada. Assim que estiver transparente, acrescente uma colher rasa de maisena dissolvida em um copo de leite. Acrescente uma pitada de sal e pimenta. Quando formar um mingau firme, desligue o fogo e misture o creme de leite e castanhas trituradas, amêndoas ou um pouquinho das lascas que você refogou no início. É só despejar por cima da lasanha.
Para decorar use o que a criatividade permitir: pimenta biquinho, folhas de manjericão fresco, azeitonas, castanhas, queijo ralado grosseiramente, etc.
Só uma observação: Não acrescentei sal ao primeiro molho, pois o bacalhau ainda estava um pouquinho salgado. Se o seu estiver completamente sem sal, pode adicionar.

Torta de macaxeira com recheio de frango desfiado

O prato de hoje é um dos meus favoritos.  Mesmo sendo suspeita (já que adoro “Torta de Macaxeira”), sou um tanto exigente quando esse é o assunto, então, a torta deve ser boa, mesmo.

Gosto da torta macia e suculenta. Com bastante recheio e a massa derretendo na boca. Para completar, um toque maravilhoso de queijo que casa perfeitamente com a suavidade da macaxeira.  Com recheio de charque, queijo e presunto, carne moída, frango, camarão ou bacalhau, não importa ela é sempre deliciosa.

Para o toque de maciez e suavidade tenho um “pulo do gato”: misturo a macaxeira com outro tubérculo. A batata inglesa e o inhame sempre casam perfeitamente.
Para a de hoje usei inhame e o recheio, frango. Todos aprovaram!

Confira as fotos e a receita dessa maravilha.

Torta de Macaxeira Divina
Receita
Massa
250g de Macaxeira
250g de Inhame
01 copo de leite
01 caixinha de creme de leite
01 colher cheia de manteiga
01 ovo
02 colheres de chá de fermento
01 pitada de sal
200g de queijo prato
Recheio
500g de peito de frango
02 cebolas médias
03 dentes de alho
01 tomate
Alguns ramos de coentro
Óleo
Sal
Pimenta do reino a gosto
Modo de Fazer
1.       Descasque o inhame e a macaxeira, corte-os em rodelas e leve ao fogo com água e sal. Cozinhe até o ponto de purê. Esprema-os com um espremedor (melhor que garfo e liquidificador – nunca use este). Reserve.
2.       Em uma panela, refogue em óleo as cebolas cortadas em cubinhos e os dentes de alho cortados em lâmina. No momento que estiverem transparentes acrescente os peitos de frango com a pele. Refogue. Acrescente o tomate em cubinhos e o coentro picado. Adicione 2 copos de água. Acerte o sal e acrescente a pimenta.  Quando o peito de frango estiver cozido desligue o fogo. Deixe esfriar e desfie o frango e descarte a pele. Ao caldo em que foi cozido, acrescente o frango, leve ao fogo até secar a água. Reserve.
3.       Pegue a macaxeira e o inhame (já espremidos) e, em uma panela acrescente o leite, a manteiga, o ovo, o sal e leve ao fogo baixo. Mexa bem. No momento em que esse purê estiver firme desligue o fogo e acrescente o creme de leite e o fermento em pó.
4.       Unte com manteiga um refratário médio. Despeje a metade do purê em seguida o recheio. Cubra com mais uma camada de purê e, por último as fatias de queijo prato.  Cubra o refratário com papel alumínio e leve ao forno (temperatura média) por aproximadamente 30 minutos. Retire o papel alumínio e leve novamente ao forno, por aproximadamente 05 minutos para gratinar.

O Mangará: Delícia de comida regional

Como primeiro restaurante do nosso tour gastronômico, escolhemos aquele que, na minha opinião oferece uma das melhores comidas regionais de Aracaju: O Mangará.
Sergipanos e turistas, ficam maravilhados com a riqueza de detalhes na decoração do ambiente. Localizado numa região nobre de Aracaju, a Praia 13 de Julho, ele se destaca como sendo uma réplica de “casa de taipa” em meio a Edifícios luxuosos. O turista ainda tem a opção de depois de se esbaldar nas delícias da casa, aproveitar para dar uma passeio em um dos nossos mais belos cartões postais, o “Calçadão da 13 de Julho”.
Tudo no local lembra o Nordeste Raiz. As Miniaturas de Igrejinhas de interior, as pinturas retratando carros-de-bois, as bonecas de pano e outros elementos populares no Nordeste compõem a rica decoração do lugar. A campainha para chamar o garçom (este usando chapéu-de-couro) é um sino de pendurar em bois. As mesas e bancos são de madeira e cobertas com toalhas de chita, no estilo rural. Os bules antigos usados como jarrinhos de flores completam a decoração. Para quem vai com a criançada, tem um espaço feito especialmente para os pequeninos, também decorado no estilo rústico. 
Confesso que já experimentei de tudo por lá e não há nada que não aprove.  Lá come-se por quilo. Uma mesa bastante farta em forma de fogão de lenha tem de um tudo (como a gente diz por aqui): Cuzcuz, macaxeira frita, cozida e a torta; panquecas com recheio de queijo coalho e charque, arroz bem temperado, tapioca, carne de panela, ensopado de cordeiro, ensopado de galinha-de-capoeira (um frango de carne mais firme), carne-de-sol, linguiças, queijos assados, sopas e etc. Como bebidas, servem cervejas, refrigerantes, água-de-coco, caipirinhas e sucos.  Ufa!
Para esse post escolhi como demonstração uma sopa denominada “cabeça de galo”. E, de antemão informo: Deliciosa. É uma sopa um pouquinho cremosa, de legumes em pedaços, com um sabor acentuado de frango e levemente (bem leve, mesmo) apimentada, mas o tempero na medida e com bastante ovo inteiro, que é cozido dentro dela. Para beber não poderia deixar de apresentar o delicioso suco de mangaba (com ou sem leite é um espetáculo).
E, para quem deseja levar um pedaço dessa culinária pra casa, o restaurante ainda dispõem de mini mercearia com uma diversidade razoável de guloseimas – bolos, doces de leite, bolo-de-rolo, compotas, pimentas, paçocas, etc.
Apesar de ser o preço um tanto salgado (R$ 29,90 o Kg), não afasta a ida quando a vontade é de saborear algo regional. Vale muito a pena!
Aprovadíssimo!!

Restaurante Mangará

Avenida Beira Mar, 1024 – 13 De Julho
Aracaju – SE, 49020-010, Brasil
(0xx)79 3246-2874
 Site: http://www.mangaraaju.com

Nhoque na casa da mamãe

Hoje, como em tantos outros dias, após o trabalho fui ao apartamento de minha digníssima e queridíssima mãe aguardar Sales para irmos para casa. Enquanto esperava resolvi preparar alguma coisa – até mesmo pra matar o tempo. Cozinhar sempre me desestressa e diminui minha ansiedade, sem contar que a turma agradece.  
Letícia (irmã e fotógrafa desse humilde site) sugeriu nhoque.  Apesar de ser um prato relativamente prático, hoje confesso que deu trabalho, principalmente em virtude da sessão fotográfica pelo qual passou.
Sem mais delongas apresento para vocês o astro da noite: Nhoque ao molho sugo.

Receita
Nhoque ao molho sugo
Nhoque
05 batatas inglesas médias
300 g de farinha de trigo sem fermento
01 ovo
1 colher de sopa de manteiga
Sal a gosto
Cozinhe as batatas em água e sal até o ponto de purê. Em um recipiente junte as batatas amassadas, a manteiga, o ovo e o sal. Misture tudo com as mãos e vá despejando a farinha até que a massa comece a soltar das mãos. Em uma superfície lisa faça tirinhas com a massa e corte os nhoques (nem grandes, nem pequenos demais). Aqueça em uma panela grande, água e sal e, quando estiver fervendo coloque, com cuidado, as bolinhas. Assim que começarem a subir vá retirando com uma escumadeira e dispondo em um refratário.
Molho
05 tomates grandes maduros
02 cebolas grandes
05 dentes de alho
Azeite
Sal
manjericão
Corte os tomates e as cebolas em cubinhos e, o alho em lâminas. Em uma panela aqueça o azeite e acrescente o alho e a cebola até que fiquem transparentes. Em seguida junte o tomate. Acerte o sal e, assim que o molho estiver cozido, acrescente folhas de manjericão fresco. Se o molho estiver seco, coloque um copo de água ou o quanto bastar.
O pessoal aqui adorou. Espero que gostem também.

CINEMA E GASTRONOMIA

Além da culinária, outra paixão que cultivo é pelo Cinema. Fiz uma seleção de alguns filmes que retratam um pouco do universo da cozinha. Pegue sua pipoca, sente na poltrona e um ótimo filme!

 A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE

Willy Wonka (Johnny Depp) é dono da maior fábrica de doces do mundo. Ele faz um concurso mundial para que cinco crianças visitem sua fábrica e descubram as magias que suas portas escondem. Mal sabem elas que essa aventura avaliará também seu caráter.
Ficha técnica:
Gênero: Aventura
Título original: Charlie And The Chocolate Factory
Ano: 2005
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 111 min
Direção: Tim Burton
Elenco: Freddie Highmore, Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Jordan Fry, Garrick Hagon, Stephen Humby, David Kelly, Christopher Lee, Missi Pyle, Annasophia Robb, Deep Roy, Harry Taylor, Noah Taylor.
A FESTA DE BABETTE
Dois adolescentes vivem com o pai, um rigoroso pastor luterano, em um pequeno vilarejo da costa dinamarquesa. Em uma noite de 1871, bate à sua porta uma parisiense pedindo refúgio: Babette (Stéphane Audran) foge da repressão à Comuna de Paris e se oferece para ser a cozinheira e faxineira da família. Muitos anos depois, ainda trabalhando na casa, ela recebe a notícia de que ganhara uma fortuna numa loteria em Paris.
Em vez de voltar à terra natal, resolve ficar e gastar o dinheiro em um autêntico jantar francês que oferece à comunidade, aproveitando para comemorar o centésimo aniversário do pastor. Seu banquete impressiona os convidados. Babette havia sido chef de cozinha e trabalhado no chique Café Anglais (que existiu de verdade). O diretor trata a comida como “forma de elevação espiritual”. Baseado na história de Isak Dinesen. Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1988.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Babettes Gaestebud
Ano: 1987
País de origem: Dinamarca
Idioma: Dinamarquês/Francês
Duração: 102 min
Direção: Gabriel Axel
Elenco: Stéphane Audran, Jean-Philippe Lafont, Gudmar Wivesson, Jarl Kulle, Bibi Andersson, Ebbe Rode.
GRANDE NOITE
Anos 50. Dois irmãos, Primo (Tony Shalhoub) e Secondo (Stanley Tucci), emigram da Itália para os Estados Unidos. Eles pretendem abrir um restaurante italiano, chamado The Paradise. O mais velho, Primo, é um grande chef, um gênio na culinária, mas bastante temperamental, se recusando a fazer pratos convencionais e rotineiros. Secondo, o mais novo, tem uma mentalidade mais capitalista e tenta superar a grave crise financeira que estão passando. O proprietário de um restaurante de sucesso, Pascal (Ian Holm), propõe chamar um amigo dele, que é um grande músico de jazz, para ajudar a promover o restaurante. Assim os dois irmãos apostam todas as fichas em um cardápio fora de série, que será servido aos convidados desta grande noite.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Big Night
Ano: 1996
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês/Italiano
Duração: 109 min.
Direção: Stanley Tucci e Campbell Scott
Elenco: Stanley Tucci, Tony Shalhoub, Minnie Driver, Ian Holm, Isabelle Rosselini
ALIMENTO DA ALMA
O jantar de domingo na casa de Mother Joe (Irma P. Hall) é de dar água na boca, uma tradição que já dura 40 anos. Aos olhos de seu neto Ahmad (Brandon Hammond), amor e sorrisos sempre fazem parte do cardápio, apesar da costumeira rivalidade entre sua mãe Maxine e as irmãs dela, Teri e Bird. Mas quando brigas mais sérias começam a desagregar a família, os bons tempos repentinamente ficam esquecidos. Agora é a vez de Ahmad de reunir a todos e ensinar-lhes o verdadeiro significado de alimento da alma.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Soul Food
Ano: 1997
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 115 min
Direção: George Tillman Jr.
Elenco: Vanessa Williams, Vivica Fox, Nia Long, Michael Beach
CHOCOLATE
Em 1959, Vianne (Juliette Binoche) se muda com a filha para uma pequena cidade francesa e abre uma loja de bombons e chocolates com guloseimas de dar água na boca. Mas ela enfrenta oposição: é mãe solteira, trabalha aos domingos e prepara doces que fazem qualquer um ceder à tentação da gula. Alguns moradores planejam expulsar Vianne da cidade, temendo que ela perturbe a moral do lugar. Tem início um confronto entre os conservadores e os que desejam o sabor recém-descoberto.
Ficha técnica:
Gênero: Romance
Título original: Chocolat
Ano: 2000
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 122 min
Direção: Lasse Hallström
Elenco: Juliette Binoche, Judi Dench, Johnny Depp, Alfred Molina, Hugh O’Conor, Lena Olin, Victoire Thivisol, Peter Stormare, Carrie-Anne Moss
COMER, BEBER, VIVER
O chef aposentado Chu (Sihung Lung) vive em uma grande casa em Taipei com suas três filhas: Jia-Jen (Kuei-Mei Yang), uma professora de Química, convertida ao cristianismo; Jia-Chien (Chien-lien Wu), uma executiva de companhia aérea; e Jia-Ning (Yu-Wen Wang), estudante que também trabalha em um fast-food. A vida na casa se desenrola em torno do ritual do jantar de domingo e dos casos amorosos da família.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Yinshi nan nu
Ano: 1994
País de origem: Taiwan
Idioma: Chinês
Duração: 123 min
Direção: Ang Lee
Elenco: Sihung Lung, Kuei-Mei Yang, Chien-Lien Wu, Yu-Wen Wang, Winston Chao, Ah-Leh Gua
DELICATESSEN
Comédia futurista na qual uma sociedade transformou os alimentos em moeda corrente, uma vez que se tornaram escassos. Nesta sociedade, os moradores de um apartamento em cima de um açougue recebem ocasionalmente suprimentos de carne. Um jovem, novo na cidade, apaixona-se pela filha do açougueiro, causando conflitos na família da moça, não imaginando que seus integrantes têm outros planos para ele.
Ficha técnica:
Gênero: Comédia
Título original: Delicatessen
Ano: 1991
País de origem: França
Idioma: Francês
Duração: 99 min
Direção: Marc Caro, Jean-Pierre Jeunet
Elenco: Pascal Benezech, Dominique Pinon, Marie-Laure Dougnac, Jean-Claude Dreyfus, Karin Viard, Ticky Holgado, Anne-Marie Pisani, Boban Janevski
ESTÔMAGO
Raimundo Nonato foi para a cidade grande na esperança de ter uma vida melhor. Contratado como faxineiro em um bar, logo ele descobre que possui um talento nato para a cozinha. Com suas coxinhas, Raimundo transforma o bar num sucesso. Giovanni, o dono de um conhecido restaurante italiano da região, o contrata como assistente de cozinheiro. A cozinha italiana é uma grande descoberta para Raimundo, que passa também a ter uma casa, roupas melhores, relacionamentos sociais e um amor: a prostituta Iria.
País de Origem: Brasil / Itália
Gênero: Drama
Ano de Lançamento (Brasil / Itália): 2007
Direção: Marcos Jorge
HERENCIA
Olinda é uma imigrante italiana que chegou na Argentina depois da Segunda Guerra Mundial, buscando um amor que nunca encontrou. Ela compra um restaurante no subúrbio de Buenos Aires para ajudar Peter, um jovem de 24 anos, que fugiu da Alemanha também por causa de um amor perdido na adolescência. Mesmo com a diferença de idade, eles passam a viver um relacionamento repleto de magia e encanto, no qual cada um retomará a vontade de viver.
País de Origem: Argentina
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 2001
Direção: Paula Hernández 
HISTÓRIA DE COZINHA
Um instituto de pesquisa sueco, para descobrir a cozinha ideal, mais prática, econômica e agradável, envia uma legião de técnicos para a Noruega, para testar protótipos de design revolucionário. Eles querem observar os hábitos dos homens solteiros na cozinha. Folke acampa na fazendo de Isak, um velho fazendeiro que não parece muito disposto a cooperar com o estudo.
País de Origem: Noruega / Suécia
Gênero: Comédia
Ano de Lançamento: 2003
Direção: Bent Hamer


JANTAR COM AMIGO
Além de estarem casados, Gabe (Dennis Quaid) e Karen (Andie McDowell) escrevem sobre gastronomia. Eles estão esperando para jantar Tom (Greg Kinnear) e Beth (Toni Collette), seus amigos mais íntimos e que se conheceram por intermédio deles. Beth chega dizendo que Tom está viajando, mas se comporta de forma estranha. Ao ter uma crise de choro ela conta que Tom a abandonou, após 12 anos de casamento e dois filhos. Gabe e Karen sentem logo que estão sendo forçados a tomar partido na briga entre Tom e Beth. Enquanto isto acontece se vêem analisando o próprio matrimônio e se são realmente felizes.
Ficha técnica:
Gênero: Comédia
Título original: Dinner With Friends
Ano: 2001
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 94 min
Direção: Norman Jewison
Elenco: Dennis Quaid, Andie MacDowel, Greg Kinnear, Toni Collette
NAÇÃO FAST FOOD
Adaptação do livro homônimo de Eric Schlosser, o filme fala sobre os riscos à saúde da população e ao meio ambiente que a indústria do fast-food provoca. Após descobrir que a carne usada para fazer o hambúrguer, servido em seu estabelecimento, está contaminada, Don Henderson, executivo da maior rede de fast-foods dos EUA, faz uma jornada à origem dos alimentos servidos em restaurantes como o dele e descobre fatos nada agradáveis.
País de Origem: EUA
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 2006
Direção: Richard Linklater
O AMOR ESTÁ NA MESA
Jovem cozinheiro (Jason Lee) serve os mais requintados pratos na Marinha americana. Após discutir com um dos oficiais, ele termina por ser expulso da corporação e consegue uma vaga num dos mais badalados restaurantes da França, comandado por conhecido chef Louis Boyer (Eddy Mitchell) e sua filha Gabrielle (Irène Jacob).
Ficha técnica:
Gênero: Comédia
Título original: Cuisine Américaine
Ano: 1998
País de origem: França
Idioma: Francês
Duração: 94 min
Direção: Jean-Yves Pitoun
Elenco: Jason Lee, Eddy Mitchell, Irène Jacob, Isabelle Petit-Jacques, Sylvie Loeillet, Thibault de Montalembert, Anthony Valentine, Michael Muller
O CHEIRO DE PAPAI
O filme do diretor vietnamita Tran Ahn Hung concorreu ao Oscar de filme estrangeiro. A protagonista é Mui, uma garota que trabalha em casa de gente rica. Tudo é visto do ponto de vista dela. A história é contada em dois tempos e Mui, já mulher, casa com um pianista e recorda o passado. E o que a faz voltar aos velhos tempos é o cheiro de papaia verde.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Mui Du Du Xanh
Ano: 1993
País de origem: França / Vietnã
Idioma: Vietnamita
Duração: 104 min
Direção: Tran Anh Hung
Elenco: Tran Nu Yên-Khê, Man San Lu, Thi Loc Truong, Anh Hoa Nguyen, Hoa Hoi Vuong
O JANTAR
O filme se passa nas duas horas em que várias pessoas estão em um restaurante. Neste tempo, os dramas e a vida de vários personagens se revelam, entre eles os da dona do restaurante, de um culto professor que gosta de jogar cartas, de uma quarentona que tem problemas com a filha, e de um professor universitário preso numa complicada relação amorosa com uma de suas alunas.
Ficha técnica:
Gênero: Comédia
Título original: La Cena
Ano: 1998
País de origem: Itália/França
Idioma: Italiano
Duração: 96 min
Direção: Ettore Scola
Elenco: Vittorio Gassman, Fanny Ardant, Antonio Catania, Giancarlo Giannini, Marie Gillain
OS SEM FLORESTAS
A primavera chegou, o que faz com que os animais da floresta despertem da hibernação. Ao acordar eles logo têm uma surpresa: surgiu ao redor de seu habitat natural uma grande cerca verde. Inicialmente eles temem o que há por detrás da cerca, até que RJ revela que foi construída uma cidade ao redor da floresta em que vivem, que agora ocupa apenas um pequeno espaço. RJ diz ainda que no mundo dos humanos há as mais diversas guloseimas, convencendo os demais a atravessar a cerca. Entretanto esta atitude desagrada o cauteloso Verne, que achava melhor permanecer onde estavam inicialmente.
País de Origem: EUA
Gênero: Animação
Ano de Lançamento (EUA): 2006
Direção: Tim Johnson e Karey Kirkpatrick
O TEMPERO DA VIDA
Fanis Iakovidis (Georges Corraface) é um professor de astrofísica. Ele tem 40 anos e chegou a um momento decisivo de sua vida. Vassilis (Tassos Bandis), seu avô e mentor, vive em Atenas e desenvolveu sua própria filosofia culinária. Fanis não o vê desde que tinha sete anos e, por isso, quando Vassilis decide ir à Grécia depois de tantos anos, a visita acende a vida de Fani como um acontecimento histórico.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Politiki Kouzina
Ano: 2003
País de origem: Grécia, Turquia
Idioma: Grego
Duração: 108 min.
Direção: Tassos Boulmetis
Elenco: Georges Corraface, Ieroklis Michaelidis, Renia Louizidou, Stelios Mainas, Tamer Karadagli, Basak Köklükaya, Tassos Bandis, Markos Osse


OS CINCOS SENTIDOS
Como a busca por uma criança desaparecida está mobilizando toda a cidade em que vivem, cinco amigos que vivem no mesmo apartamento resolvem por explorar os cinco sentidos do ser humano – paladar, olfato, visão, audição e tato – para, ao analisar os resultados obtidos, ajudá-los com assuntos que tomaram conta de suas vidas nos últimos dias.
Ficha Técnica:
Gênero: Drama
Título Original: The Five Senses
Ano: 2000
País de origem: Canadá
Idioma: Inglês
Duração: 105 min.
Direção: Jeremy Podeswa
Elenco: Mary-Louisse Parker, Molly Parker, Daniel MacIvor, Gabrielle Rose, Phillippe Volte
QUEM ESTÁ MATANDO OS GRANDES CHEFS?
O mistério transborda na trama quando se descobre que, um a um, os maiores Chefs da Europa estão sendo mortos. A parte intrigante dos assassinatos é que cada Chef é morto da mesma maneira que sua especialidade é preparada. Críticos gastronômicos e os (muitos) auto-denominados maiores Chefs da Europa exigem a resolução desse mistério.
Ficha Técnica:
Gênero: Comédia
Tìtulo original: Who Is Killing the Great Chefs of Europe?
Ano: 1978
País de origem: Estados Unidos, Itália, França
Idioma: Inglês
Duração: 112 min.
Direção: Ted Kotcheff
Elenco: George Segal, Jacqueline Bisset, Robert Morley, Jean-Pierre Cassel, Phillippe Noiret
RATATOUILLE
Paris. Remy (Patton Oswalt) é um rato que sonha se tornar um grande chef. Só que sua família é contra a idéia, além do fato de que, por ser um rato, ele sempre é expulso das cozinhas que visita. Um dia, enquanto estava nos esgotos, ele fica bem embaixo do famoso restaurante de seu herói culinário, Auguste Gusteau (Brad Garrett). Ele decide visitar a cozinha do lugar e lá conhece Linguini (Lou Romano), um atrapalhado ajudante que não sabe cozinhar e precisa manter o emprego a qualquer custo. Remy e Linguini realizam uma parceria, em que Remy fica escondido sob o chapéu de Linguini e indica o que ele deve fazer ao cozinhar.
Ficha técnica:
Gênero: Desenho Animado
Título original: Ratatouille
Ano: 2007
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 96 min
Direção: Jan Pinkava, Brad Bird
Vozes de: Brad Garrett, Patton Oswalt, Brian Dennehy, Janeane Garofalo, Ian Holm

SABOR DA PAIXÃO
Isabella (Penelope Cruz), uma jovem encantadora nascida com o dom especial de mexer com os paladares e corações dos homens de todos os lugares, decide se livrar do casamento sólido e da cozinha sufocante do restaurante do seu marido (Murilo Benicio) no Brasil. Parte então para São Francisco para realizar seu sonho de uma verdadeira carreira culinária. Depois de dar início a uma nova vida em uma nova cidade, Isabella junta-se à sua amiga de infância, Monica (Harold Perrineau Jr), que participa da jornada da chef para descobrir não apenas a sua paixão e potencial, mas a receita perfeita para levá-la ao topo.
Ficha técnica:
Gênero: Romance
Título original: Woman on Top
Ano: 1999
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 91 min
Direção: Fina Torres
Elenco: Penélope Cruz, Murilo Benício, Harold Perrineau Jr., Mark Feuerstein, John De Lancie
SIMPLESMENTE IRRESISTÍVEL
Sarah Michelle Gellar é Amanda Shelton. Ela herda o restaurante da mãe, famosa por seus dotes culinários. No entanto, a genética não contribuiu neste terreno e Amanda sente dificuldades na área da cozinha ao tocar o restaurante. Com isso, o Southern Cross corre o risco de falir, mas um anjo da guarda lhe dá um caranguejo mágico e faz com que ela conheça Tom Bartlett (Sean Patrick Flanery), que está inaugurando um restaurante para Jonathan Bendel (Dylan Baker). Bendel quer assegurar o sucesso de seu empreendimento e, para isso, contrata um famoso chef francês. Extremamente temperamental, ele faz Tom e Lois McNally (Patricia Clarkson), sua secretária, passarem maus bocados. Paralelamente, Amanda começa a fazer pratos cada vez melhores e ela não tem a menor idéia do que está acontecendo. Com isso, seu restaurante fica mais famoso e ela começa a se envolver com Tom, que teme que esteja se apaixonando por uma bruxa.
Ficha técnica:
Gênero: Comédia Romântica
Título original: Simply Irresistible
Ano: 1999
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 95 min
Direção: Mark Tarlov
Elenco: Sarah Michelle Gellar, Sean Patrick Flanery, Patricia Clarkson, Dylan Baker, Larry Gilliard Jr., Amanda Peet
SIMPLESMENTE MARTHA
Martha (Martina Gedeck), com seu modo charmoso e obsessivo, cria verdadeiras obras de arte cozinhando num pequeno restaurante em Hamburgo. Apesar disso, seu cotidiano é monótono. Martha é muito introvertida e praticamente não possui vida própria, dedicando-se totalmente ao trabalho. Tudo isso muda quando sua irmã morre em um acidente, fazendo com que ela tenha de cuidar de Lina (Maxine Foerste), sua sobrinha de oito anos. É quando aparece Mario (Sergio Castellito), um extrovertido cozinheiro italiano que consegue trazer um pouco de alegria para as duas. No momento em que Martha e Mario começam um romance, o pai de Lina, que há muito tempo estava desaparecido, surge querendo levá-la para a Itália.
Ficha técnica:
Gênero: Romance
Título original: Mostly Martha/ Bella Martha
Ano: 2001
País de origem: Áustria, Alemanha, Itália e Suiça
Idioma: Alemão/Italiano
Duração: 105 min
Direção: Sandra Nettelbeck
Elenco: Martina Gedeck, Sergio Castellitto, Maxime Foerste, August Zirner, Ulrich Thomsen, Sibylle Canonica, Katja Studt, Idil Üner, Oliver Broumis, Antonio Wannek, Diego Ribon

SUPER SIZE ME – A DIETA DO PALHAÇO

O diretor Morgan Spurlock decide ser a cobaia de uma experiência: se alimentar apenas em restaurantes da rede McDonald’s, realizando neles três refeições ao dia durante um mês. Durante a realização da experiência o diretor fala sobre a cultura do fast food nos Estados Unidos, além de mostrar em si mesmo os efeitos físicos e mentais que os alimentos deste tipo de restaurante provocam.
País de Origem: EUA
Gênero: Documentário
Ano de Lançamento (EUA): 2004
Direção: Morgan Spurlock 

TAMPOPO

Comédia japonesa na qual a comida tem papel de destaque. O filme mostra a busca da perfeita receita da sopa de macarrão, cartão de visitas do restaurante de Tampopo (Nobuko Miyamoto). Junto com seu entregador de leite Goro (Tsutomu Yamazaki), Tampopo se lança na busca da receita e passam em restaurantes, pesquisando, investigando e descobrindo segredos. Enquanto isso, o filme desenvolve uma série de outras pequenas narrativas paralelas que mostram a importância da comida na cultura e sociedade japonesas.
Ficha técnica:
Gênero: Comédia
Título original: Tampopo
Ano: 1986
País de origem: Japão
Idioma: Japonês
Duração: 115 min.
Direção: Juzo Itami
Elenco: Tsutomu Yamazaki, Nobuko Miyamoto, Koji Yakusho, Mario Abe, Isao Hashizume, Mampei Ikeuchi

TOMATES VERDES FRITOS

Baseado no livro de Fannie Flag. O título estranho vem de uma receita que duas personagens trocam entre si no decorrer da trama. São praticamente duas versões de uma mesma história, uma no presente e outra no passado, protagonizadas por mulheres que desafiam o poder masculino. Nos dias atuais, a gorda e infeliz esposa (Kathy Bates) de um homem bruto visita um hospital e se encanta com uma velhinha simpática e solitária (Jessica Tandy). É esta senhora quem vai lhe contar uma antiga história, a da forte amizade entre duas mulheres que administram um café à beira da estrada e enfrentam os preconceitos do local.
Ficha técnica:
Gênero: Comédia
Título original: Fried Green Tomatoes
Ano: 1991
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 130 min
Direção: Jon Avnet
Elenco: Chris O’Donnell, Jessica Tandy, Kathy Bates, Mary Stuart Masterson

UMA RECEITA PARA A MÁFIA

O tradicional restaurante italiano Gigino, localizado em Tribeca, Nova York, é na verdade uma fachada para os negócios ilegais de seu dono, Louis Cropa (Danny Aiello). Nele trabalha Udo (Edoardo Ballerini), filho de Louis, que comanda a cozinha do restaurante. Considerado uma estrela em ascensão dentro do universo de gourmets, Udo deseja que seu pai abandone de uma vez por todas os negócios ilegais para se dedicar exclusivamente ao funcionamento do restaurante.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Dinner Rush
Ano: 2000
País de origem: Estados Unidos
Idioma: Inglês
Duração: 100 min.
Direção: Bob Giraldi
Elenco: Danny Aiello, Frank Bongiorno, John Rothman

VATEL – UMA BANQUETE AO REI

Em 1671, o príncipe de Condé (Julian Glover) tem uma idéia para evitar um desastre financeiro na sua província, no norte da França: convidará o rei Luis XIV (Julian Sands) para passar um fim de semana em seu castelo e, se conseguir agradá-lo, pode pagar as dívidas da região. Cabe a Vatel (Gerard Depardieu), empregado do príncipe, garantir que a comida e a diversão formem um verdadeiro espetáculo. Mas, em meio aos preparativos, Vadel conhece a bela Anne de Montausier (Uma Thurman), passando a disputar com Luis XIV o amor da mesma mulher. Vatel celebra as coisas boas da vida, com destaque para as excentricidades culinárias. Apesar de falada em inglês, trata-se de uma superprodução francesa.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Título original: Vatel
Ano: 2000
País de origem: França, Reino Unido
Idioma: Inglês
Duração: 119 min
Direção: Rolland Joffé
Trilha sonora: Enio Moricone
Elenco: Gerard Depardieu, Uma Thurman, Tim Roth, Julian Glover, Julian Sands

JULIE E JULIA

Baseado em duas histórias reais, Julie & Julia intercala a vida de duas mulheres que, apesar de separadas pelo tempo e pelo espaço estão ambas perdidas… Até descobrirem que com a combinação certa de paixão, coragem e manteiga, tudo é possível.
A trama de Julie e Julia evolui na cozinha, mostrando a chef Julia Child (Meryl Streep) tentando publicar um livro com receitas francesas para americanos. Enquanto isso, anos depois, Julie Powell (Amy Adams) tem o objetivo de seguir todas as receitas do livro em 365 dias, passando por situações gastronômicas hilárias, buscando elevar sua auto-estima e completar um desafio em sua vida.
Destaque para a cena onde Julie é atormentada pela sua consciência ao ter que matar algumas lagostas ao som de 

COMO ÁGUA PARA CHOCOLATE

Tita (Lumi Cavazos) nasceu na cozinha do rancho de sua família, quando sua mãe (Regina Torné) estava cortando cebolas. Logo em seguida seu pai morre de um ataque cardíaco fulminante, por ter sua paternidade questionada. Com isso Tita é vítima de uma tradição local, que diz que a filha mais nova não pode se casar para que cuide da mãe até sua morte. Ao crescer Tita se apaixona por Pedro Muzquiz (Marco Leonardi), que deseja se casar com ela. Sua mãe veta o matrimônio, devido à tradição, e sugere que ele se case com Rosaura (Yareli Arizmendi), a irmã dois anos mais velha de Tita. Pedro aceita, pois apenas assim poderá estar perto de Tita. 
Título original: (Como Agua para Chocolate)
Lançamento: 1992 (México)
Direção: Alfonso Arau
Elenco: Marco Leonardi, Lumi Cavazos, Regina Torné, Mario Iván Martínez.
Duração: 105 min
Gênero: Drama

O CORAJOSO RATINHO DESPEREAUX

Despereaux Tilling (Matthew Broderick) é um pequeno rato que sonha com aventuras. Um dia, ao visitar a biblioteca real, ele conhece a princesa Pea (Emma Watson). Ela lhe conta da tristeza que se abateu sobre ela e seu pai após a morte da rainha. Logo eles se tornam amigos, o que gera preocupação nos demais ratos, que são contrários às conversas com humanos. Desta forma Despereaux é levado ao Mundo das Ratazanas, onde não há luz. Ele é salvo por Roscuro (Dustin Hoffman), um rato banido pelos humanos mas que ainda sonha com atos heróicos.
Título original: (The Tale of Despereaux)
Lançamento: 2008 (EUA, Inglaterra)
Direção: Sam Fell, Robert Stevenhagen
Elenco: Matthew Broderick, Dustin Hoffman, Emma Watson, Tracey Ullman.
Duração: 100 min
Gênero: Animação

COMER, REZAR AMAR
Liz Gilbert (Julia Roberts) tinha tudo o que uma mulher moderna deve sonhar em ter – um marido, uma casa, uma carreira bem-sucedida – ainda sim, como muitas outras pessoas, ela está perdida, confusa e em busca do que ela realmente deseja na vida. Recentemente divorciada e num momento decisivo, Gilbert said a zona de conforto, arriscando tudo para mudar sua vida, embarcando em uma jornada ao redor do mundo que se transforma em uma busca por auto-conhecimento. Em suas viagens, ela descobre o verdadeiro prazer da gastronomia na Itália; o poder da oração na Índia, e, finalmente e inesperadamente, a paz interior e equilíbrio de um verdadeiro amor em Bali. Baseado no best-seller autobiográfico de Elizabeth Gilbert, Comer, Rezar, Amar prova que existe mais de uma maneira de levar a vida
FichaTécnica:

Título Original:  Eat, Pray, Love

País de Origem:  EUA

Gênero:  Drama / Romance

Tempo de Duração: 133 minutos

Ano de Lançamento:  2010

Estréia no Brasil: 01/10/2010

DireçãoRyan Murphy

Guloseimas de Páscoa

 

Como rege a tradição, a Páscoa também é época de troca de Ovos. Os lindos e deliciosos “Ovos de Páscoa”. Além dos tradicionais presenteados pelos padrinhos Brayner e Renata, as crianças (minhas filhas) foram agraciadas com umas lindas caixinhas com Beijinhos-de-coco e brigadeiros da Tia Débora. Pena que só consegui fotografar a última.






A gente peca, mas se arrepende … E viva o Bacalhau!


Após o extravagante almoço do post anterior, decidimos que a noite estava reservada à redenção … ou quase.
Iniciamos com os acepipes (castanhas, queijo branco e do Reino; torradas e um molhinho ao sugo) e, posteriormente seguimos à risca as tradições pascoais. O bom e velho Bacalhau teve seu lugar de destaque. Para acompanhar o Rei da noite, fiz arroz branco, Risoto de Bacalhau com Camarão e uma Salada de Lascas de Bacalhau e Grão de Bico com a opção de três molhos: negro (shoyu , vinagre, azeite e alho), de cebola (cebola branca, azeite, alho e manjericão) e cremoso (creme de leite, mostarda).
A redenção só não foi completa devido ao número de garrafas de vinho, mas, ninguém é de ferro, não é?

Receitas:
Bacalhau à minha moda
1 quilo de bacalhau demolhado,
5 cebolas grandes
2 pimentões
½ quilo de batatas inglesas
3 cenouras médias
1 ramo de brócolis
1 ramos de couve-flor
1 cabeça de alho descascado,
Azeitonas Pretas
½ litro de azeite extra virgem
4 ovos cozidos e descascados
Numa vasilha com água, deixe o bacalhau d na geladeira de um dia para outro. Facilita na hora de retirar a pele, além de hidrata-lo, deixando mais macio e suculento. Deixe a água escorrer e reserve. Rale 02 cebolas, junte à metade do azeite e passe essa mistura em todas as postas de bacalhau e disponha na travessa. Corte o restante das cebolas em cruz e juntame3nte com os outros ingredientes, vá arrumando todo o prato (exceto os ovos). Por último as azeitonas e o azeite.  Cubra com papel alumínio e leve ao forno por aproximadamente 45 minutos. Retire o papel, acrescente os ovos e deixe mais 5 minutos. Está pronto.   
Risoto de Bacalhau e Camarão
200g de lascas de bacalhau
200g de camarão pistola
02 xícaras de arroz arbóreo
02 tomates maduros
01 cebola
03 dentes de alho
½ caixinha de creme de leite
1 colher de sopa rasa de manteiga
Manjericão fresco
Azeite
Dessalgue o bacalhau. Para isso, disponha as lascas numa vasilha com água e leve à geladeira. Troque a água de 03 em 03 horas. Leve ao fogo com a última água. Quando levantar fervura desligue o fogo e deixe descansar. Reserve. Lave o arroz e reserve. Em uma panela, refogue no azeite e na manteiga o alho e a cebola (cortada em cubos) até ficar transparente. Não deixe queimar. Acrescente os tomates cortados em cubinho. Despeje o arroz. Utilize a água usada no cozimento do bacalhau. Quando o arroz estiver quase cozido acrescente o bacalhau, o camarão e as folhas de manjericão. Por último o creme de leite.  Agora é só servir.
Para decorar o prato, pode utilizar pimenta de biquinho, folhas de manjericão, cebolinha ou o que sua imaginação mandar.
Bon apetit!

Feijoada de Páscoa em Aracaju

Aqui em Aracaju, como em qualquer outro lugar onde predomina o cristianismo comemoramos a Páscoa seguindo à risca o que regem as tradições: Ovos, peixes e, lógico, zero de carne.

 Em nossa casa nossa “Sexta-feira da Paixão” foi um pouquinho diferente. Neto, meu maridíssimo cismou que queria saborear nada menos que uma feijoada (Sim. Uma feijoada e todos os acompanhamentos, inclusive BISTECA). Estranhei, não nego, mas realizei seu desejo.

 Para não pecarmos sozinhos, convidamos um casal amigo (Grace e Marcelo Jass) e, enfim, saboreamos a pecaminosa iguaria “pascoal”.

Bem Vindos ao nosso Blog!

Há muito que penso em iniciar um Blog Culinário. Poucos sabem, mas o mundo dos sabores me fascina. Desde muito pequena, no interior daqui de Sergipe estive rodeada de verdadeiras mestras da arte da culinária. As cozinhas da minha infância lembravam aquelas histórias de magia, onde a soma de ingredientes tão diferentes se trasformavam em uma “porção mágica” de cores, sabores e cheiros.

O objetivo desse blog, longe de querer ser algo profissional, é de apresentar um pouco da nossa culinária, com receitas e dicas para principiantes. Além disso, postaremos sugestões de lugares e pratos de Aracaju.
Espero que curtam.

Beijos,

Lívia Carvalho